A Carpa

O peso da genética sustentável

Carpa Serrana, cinco décadas de muito trabalho.
De muita entrega de seus profissionais. De muitas alegrias nas pistas. De grandes resultados na performance do seu Nelore a pasto. Neste tempo muita coisa mudou na pecuária. Mas o foco e os objetivos sempre foram os mesmos: um olho na pista e outro na balança. Foi pensando e agindo assim que a Carpa conseguiu chegar até aqui. Você amigo, cliente e companheiro de estrada foi que nos uniu em torno de um ideal comum: fazer do Nelore a maior raça deste Brasil. Conheça agora um pouco de nossa história, um pouco de nossas realizações:

2021

• 50 anos de seleção Nelore Carpa.

2020

• Mega Leilão Anual Carpa foi o maior Leilão do Brasil em faturamento do ano.

2019

• Carpa é Medalha de Ouro no Abate de Fêmeas - Circuito Boi Verde ACNB.

2018

• Elegance eleita Matriz Modelo na Expozebu.

2017

• 30 anos de Leilão Anual Carpa.

2016

• 45 anos de seleção Nelore Carpa.

2015

• 20 anos do primeiro Abate Técnico.

• Volverine consagra-se Grande Campeão na Expoinel MG.

2014

• Inicia o trabalho de selecionar receptoras Nelore por temperamento e habilidade materna.

2013

• A Carpa amplia a Integração Lavoura Pecuária na Fazenda Cibrapa, Barra do Garças - MT.

2012

• No ano das Olimpíadas a Carpa inova seu slogan "Carpa 40+1 - O peso da genética sustentável", pois ser sustentável é pensar no amanhã, fazendo hoje o melhor; é cuidar, proteger e crescer, é ter um conjunto de benefícios que promovam resultados positivos para todos.

2011

• 40 anos de seleção Nelore Carpa.

2010

• Eduardo Biagi assume a Presidência da ABCZ, para o triênio 2010-2013.

• Ultrapassa a marca de 24.500 produtos nascidos e controlados na ABCZ.

2009

Panny consagra-se melhor matriz adulta do ranking Mato-grossense. 

2008

• Leilão Mega Touros bate recorde de todas as edições realizadas.

2007

• 1º Leilão Genética Carpa e convidados.

• Carpa conquista Grande Campeonato de Ovinos na FEINCO.

2006

A matriz Nelore Mogiana supera os 1.000 kg.

• 35 anos de Nelore Carpa.

2005

• A carpa conquista o grande campeonato da raça Nelore na ExpoZebu com o reprodutor Lufo TE da Carpa, aos 21 meses de idade.

2002

•  Inauguração do Recinto de Leilões Carpa em Serrana – SP.

2001

• 30 anos de seleção Nelore Carpa.

2000

• Fano TE da Fazedinha é o campeão touro jovem na Expoinel. 

• Ultrapassa a marca de 15.000 produtos nascidos e registrados na ABCZ.

• Billary da Fazendinha é vendida no Elo da Raça para a Central Campo do Boi. 

• Inaugurado o Laboratório de TE na Fazenda Cibrapa em parceria com a Cenate. 

1999

• Maior oferta de Novilhos Precoces do Brasil: 4000 Machos Nelore Carpa para recria e engorda no 1º Leilão Novilho Precoce. 

• Vendida Xabota TE da Faz., no Elo da Raça. 

1998

• Inauguração do Recinto de Leilões Carpa; com o 1º Leilão série MT, na Fazenda Cibrapa, com recorde nacional de volume de vendas.

1997

• Terceiro abate técnico viabilizando a terminação de Nelore Super Precoce (13 meses com 418 kg e com 57% de rendimento). 

1996

• Segundo abate técnico comparando machos inteiros e machos castrados. 

• Inicia sua participação no Programa de Melhoramento Genético da USP, com orientação do Prof. Raysildo Lôbo.

1995

Passa a integrar o grupo do leilão Elo de Raça, em Uberaba. 

• Primeiro abate técnico realizado no Brasil, com 1.280 novilhos Nelore abatidos e 94% classificados como cota Hilton, abatidos com 24 meses. 

• Nasce o novilho Carpa – 100% Nelore. 

1993

• Eduardo Biagi assume a presidência da ACNB – Associação dos Criadores de Nelore do Brasil.

• Fecha em confinamento no MT, o primeiro lote de NELORE comercial.

1992

•  Estrutura no Mato Grosso a produção integrada de pecuária de corte usando o rebanho de seleção e o rebanho comercial. 

1991

• Vende em Uberaba, Taça da Fazendinha.

1990

• Participa do Leilão Noite do Nelore Nacional e vende recordes, como Royal da Fazendinha, Radícula da Fazendinha e Papata da Fazendinha.

• Estrutura um programa de TE e colhe excelentes resultados. 

1987

• Realizado o primeiro Leilão Anual Carpa, pioneira no Brasil em leilões de produção. 

• Adquire a Fazenda Cibrapa, anexa a São Luiz em Barra do Garças – MT e transfere para lá, parte do plantel registrado da Fazendinha. 

1985

A Carpa adquire a fazenda São Luiz em Barra do Garças – MT e inicia o trabalho de cria, recria e engorda. 

1982

Eduardo Biagi assume a presidência da Lagoa da Serra, permanecendo no cargo cinco anos. 

1979

Eduardo Biagi assume a presidência da Lagoa da Serra, permanecendo no cargo cinco anos. 

1977

Tem início a utilização do sêmen do Imperiante da Zeb VR, touro que padronizou o rebanho Carpa. 

1975

• O touro Boletim da Fazendinha entra em coleta na Lagoa da Serra. 

1973

• Nasce Cinderela da Fazendinha, fêmea que iniciou uma dinastia de “barrigas de ouro” no plantel, filha de Badan Karvadi do Paraíso importante reprodutor no plantel da Carpa.

1972

• Nasce a matriz Bem Vinda da Fazendinha, a primeira fêmea registrada com a marca FF da Carpa Serrana.

• Início da assessoria do Dr. Fausto Pereira Lima.

 

1971

• A Carpa Serrana registra suas primeiras matrizes Nelore na ABCZ, na Fazenda Fazendinha (SP). Apartadas por Adir Leonel e registradas por Rômulo Kardec de Camargos.

• Inicia o uso de IA em parceria com a Lagoa da Serra, sob orientação de Luís Lunardi.

As fazendas

Fazenda Fazendinha - Serrana/SP
Fazenda Cibrapa - Barra do Garças/MT